Home ANÁLISES DE MERCADO [Marcelo Fraga Moreira] – Mercado do Café – Respiro do Morto?

[Marcelo Fraga Moreira] – Mercado do Café – Respiro do Morto?

[Marcelo Fraga Moreira] – Mercado do Café – Respiro do Morto?
0
0

MARCELO FRAGA MOREIRA
É um profissional há mais de 30 anos atuando no mercado de commodities agrícolas, escreve este relatório sobre café semanalmente como colaborador da Archer Consulting –
Assessoria em Mercados de Futuros, Opções e Derivativos Ltda.
www.archerconsulting.com.br

Se não fosse a alta na sexta-feira de 415 pontos com o contrato Setembro-20 fechando @ 102,30 centavos de dólar por libra-peso, teria sido mais uma semana “de lado”, com pouca liquidez e “mais do mesmo”. O mercado seguiu testando a primeira resistência da média móvel dos 9 dias a semana toda e na sexta-feira rompeu com força, inclusive fechando acima da média móvel dos 50 dias @ 101,90 centavos de dólar por libra-peso. Até quinta feira os fundos continuavam vendidos em -23.722 lotes (tendo comprado apenas +131 lotes), e com o movimento de sexta-feira devem ter reduzido ainda mais a posição a qual será refletida no próximo relatório da semana q vem.

Esse movimento deverá continuar na próxima semana com o mercado podendo ir buscar os 110 centavos de dólar por libra-peso no Set-20 (topo da resistência da média móvel de 50 dias e uma resistência muito importante) e até mesmo a resistência da média móvel dos 200 dias @ 113,40 centavos de dólar por libra-peso. Acreditamos que esse movimento é puramente técnico uma vez que a safra brasileira segue avançando com mais de 60% já colhida. Café está voltando a ser ofertado no mercado interno sendo negociado entre 500-550 R$/saca. Para os próximos 15 dias risco de geadas nas zonas produtoras seguem descartadas, com previsão para chuvas leves, pontuais. A partir de outubro já vamos ter nova safra na América Central e mais disponibilidade de café no mercado.

Caso o mercado não consiga se sustentar acima da média móvel dos 50 dias no Set-20 (@ 101,90 centavos de dólar por libra-peso) poderemos ver os fundos voltando a vender e empurrar os preços para baixo dos 100 centavos de dólar por libra-peso novamente. 

Fiquem atentos nas resistências das médias móveis de 50 e 200 dias no Set-20 (110,70 e 113,40 centavos de dólar por libra-peso respectivamente) e no Set-21 (117,40 e 121,50 centavos de dólar por libra-peso respectivamente). Mercado dando oportunidade será uma excelente oportunidade para novas fixações e/ou compra de proteção através do PUT SPREAD ** com a venda de Call ***.

Para safra 21/22 e 22/23 poucos negócios estão sendo realizados com produtores buscando negociar acima de 550 R$/sc e 600 R$/sc respectivamente. Pode ser que semana que vem, se mercado subir como previsto acima e o câmbio ajudar (câmbio possui um gap nos 5.53 R$/usd), esses objetivos serão atingidos!

Nova preocupação com a pandemia nos EUA e Europa está voltando a fechar comércio e/ou prorrogar o fechamento e restrição de bares/restaurantes reduzindo o consumo e demanda do café nos principais centros consumidores.

Seguimos baixistas no médio/longo prazo, ficando atentos a eventual risco de geadas (agora até a primeira quinzena de agosto-20 no Brasil) e na posição dos fundos (caso alguma resistência venha a ser rompida no curto prazo tanto para cima como para baixo)!

Nossa recomendação continua a mesma: Produtores fiquem atentos aproveitando as oportunidades para garantir preços mínimos para safra 2021/22 e 2022/23.

– “Fazer conta” e aproveitar os preços nas telas Setembro/Dezembro 21 acima dos 110-115 centavos de dólar por libra-peso e nas telas Setembro/Dezembro 22 acima dos 115-120 centavos de dólar por libra-peso e câmbio spot acima dos 5.35 R$/usd.

– Para a safra a 21/22, se o mercado subir 500-800 pontos na próxima semana sugerimos a proteção contra novas baixas comprando o “Put-Spread” ** no SET-21 de 115 x 100 centavos de dólar por libra-peso vendendo a Call de 130 centavos de dólar por libra-peso a “custo zero”, resultando em uma fixação de preço, piso e teto, estimado entre 680 R$/sc a 790 R$/sc, desde que o mercado feche acima dos 100 centavos de dólar por libra-peso no Set-21.

Muito cuidado com as operações alavancadas, com os acumuladores, com as estruturas que “aparecem/desaparecem/dobram”! Nessas operações apenas as empresas/traders que oferecem estas estruturas saem ganhando!

** “Put-Spread” = compra e venda simultânea da opção de Venda com preço de exercício  mais alto vendendo a opção com preço de exercício mais baixo);

*** “Call” = opção de Compra

0

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *